Cortador vermelho

Todo homem é perfeito. Na sociedade, somos um grupo, parte de um todo geralmente aceito. Somos caracterizados por certas semelhanças, visões comuns no segundo modo do campo da vida, compartilhamos essa arte e história. Não significa, no entanto, que somos todos iguais. Um grupo de pessoas é um grupo grande, que é um sistema de indivíduos incontroláveis e completamente individuais. Cada uma das unidades tem uma ideia maior ou menor no funcionamento geral da comunidade, cada uma delas na possibilidade de uma contribuição menor ou maior para a mudança na história de toda a família.

Big Bust

Os trabalhadores são uma coleção de unidades individuais, que, no entanto, constituem uma parte comum que geralmente pode ser definida como um sistema de padrões limpos e criativos geralmente aceitos. Mas o que fazer se eles aparecerem em uma parte unitária se dividindo em um estilo diametral? O que eles são caracterizados? A diferença no último caso é que eles são considerados no sistema positivo?

As pessoas que não conseguem atender às normas geralmente aceitas e vão corretamente à sociedade são chamadas de todas com transtornos de personalidade. Há muitas maneiras identificadas pelos pesquisadores de transtornos de personalidade, mas elas têm várias características comuns. Surge do último que as pessoas que usam desordens de pessoas vão:

padrões de comportamento profundamente enraizados e preservados, cuja mudança é facilmente impossível sem fazer sentido para a qualidade em que uma determinada unidade será encontrada,baixa flexibilidade de respostas a grandes situações públicas e a si próprios,desproporção extrema ou grande em contato com as normas geralmente aceitas da cultura dada,subjetivamente relacionados à propriedade ou dificuldades no sucesso dos objetivos de vida.

Como você pode ver, todas as mudanças na psique humana ocorrem durante o período em que uma pessoa se torna uma criatura que projeta e pratica suas próprias idéias e, portanto, na época da puberdade. Os distúrbios de personalidade são, portanto, quase impossíveis de existir na primeira infância. Nem todos os tipos de dissimilaridade no grupo significam desordens de personalidade decorrentes ou já criadas. No entanto, os não tratados podem mostrar não apenas a adaptação na sociedade, mas também grandes conseqüências, porque não é incomum que as pessoas que sofrem de transtorno de personalidade cometam crimes desavisados ou tirem o seu ser.